Central de Atendimento

(71) 3113-1712 (71) 99920-5645

Dúvidas

  1. COMO PARTICIPAR DE UM LEILÃO?
  2.  Os Leilões são públicos abertos aos interessados em geral. Estando franqueada, em regra,  a participação de qualquer pessoa maior de 18 anos e civilmente capaz, que deve comparecer ao local do Leilão munido de documentação pessoal.

    Topo
  3. Como comprar?
  4. As compras em Leilões são abertas ao público em geral (pessoas físicas e jurídicas), sempre conduzidas pelo Leiloeiro Oficial. Sendo fundamental que o comprador examine previamente os bens de seu interesse, bem como, as condições de venda que regulamenta cada Leilão. Para dirimir eventuais dúvidas, o Leiloeiro e sua equipe estarão sempre à disposição.

    As condições de venda dos bens estão descritas no catálogo publicitário de cada Leilão divulgado a todos os pretensos compradores, ressalvadas as considerações de ordem ilustrativa e provisória sujeitas a alterações até a hora do leilão, além das informações veiculadas nos editais publicados em jornais de grande circulação.

    Em seguida, os lotes postos em leilão serão apregoadas um a um. O interessado deve anunciar em voz alta o valor do seu lanço, levantando a mão assim que o lote de seu interesse for anunciado. Se porventura existirem mais de uma pessoa interessada no mesmo lote, arremata e vence a disputa o licitante que oferecer a melhor oferta.

    O Leilão é público, portanto, podem participar pessoas físicas e jurídicas. Se o lanço mínimo não for atingido, eventualmente e a depender das condições específicas da licitação, poderá ser aceito um "Lance Condicional", que será submetido à apreciação do autorizante do Leilão.

    O arrematante deve apresentar seus documentos pessoais, RG e CPF, no ato da arrematação. As condições de pagamento do lote comprado encontram-se descritas nos editais publicados e nos catálogos de publicidade, e o pagamento sujeitar-se-à às condições ali estipuladas, sendo que a comissão do leiloeiro é devida no ato da arrematação e deve ser paga à vista, em cheque ou espécie.
    Topo
  5. QUAIS AS VANTAGENS DE COMPRAR EM LEILÃO?
  6.  O grande atrativo para a compra de imóveis em Leilão é a possibilidade de aquisição de bens por um valor inferior ao de mercado. 

    No caso de imóveis é possível arrematar imóveis até 40% mais baratos, seja em Leilão Judicial ou Extrajudicial. 

    Além disso, Leilão é uma oportunidade de negócio transparente e idóneo, pois a oferta e as condições de venda são expostas ao público em geral de forma acessível.
    Topo
  7. QUAIS AS REGRAS ESPECÍFICAS DE CADA LEILÃO?
  8.  As condições e regras de cada Leilão são sempre estipuladas no Edital, publicado em jornal de grande circulação, ressalvadas as considerações de ordem ilustrativa e provisória sujeitas a alterações até a hora do leilão.

    O interessado deve estar atento a todos os detalhes, inclusive preço, formas de pagamento e eventuais ônus sobre os imóveis. Sendo que a comissão do leiloeiro é devida no ato da arrematação e deve ser paga à vista, em cheque ou espécie.
    Topo
  9. O QUE É LANCE CONDICIONAL?
  10.  Se o lanço mínimo não for atingido, eventualmente e a depender das condições específicas da licitação, poderá ser aceito um "Lance Condicional", que será submetido à apreciação do autorizante do Leilão, no caso de Leilão Extrajudicial, ou do juiz, no caso de Leilão Judicial.

    Topo
  11. COMO FUNCIONAM OS LEILÕES EXTRAJUDICIAIS?
  12.  Os bens são vendidos com a autorização do proprietário ou de terceiro que o represente. Nessa modalidade, as instituições privadas – bancos, construtoras, cooperativas – fazem a venda por meio de leilão, de forma particular, sem intervenção da justiça. No caso dos bens serem imóveis, financiados por meio de alienação fiduciária, os mesmos podem ser vendidos nesse tipo de leilão, nos casos de inadimplência contratual. Existindo ainda a possibilidade de execução extrajudicial de promissários compradores inadimplentes de imóveis novos ou em fase de construção promovida pelo Incorporador.

    Topo
  13. COMO FUNCIONAM OS LEILÕES JUDICIAIS?
  14.  Os Leilões Judiciais decorrentes de processos trabalhistas, execuções fiscais, cobrança de débitos condominiais ou massas falidas, via de regra estabelecem a modalidade de pagamento à vista e, por conta disso, normalmente despertam interesse de investidores que possuem dinheiro à disposição. Nessa modalidade de Leilão, os imóveis podem ser vendidos por até 60% (sessenta por cento) do valor de avaliação, a um patamar bem inferior ao preço de mercado.

    Topo
  15. O QUE É VENDA DIRETA?
  16.  O autorizante do Leilão, seja Extrajudicial ou Judicial, está conferindo ao Leiloeiro prerrogativa de realizar a venda a quem ofertar um valor fixo pré-estabelecido.

    Em geral, é estabelecido um valor mínimo e caso o interessado confirme esta oferta, será considerado o licitante vencedor.
    Diferentemente do Leilão, na venda direta não há disputas entre interessados e quem confirmar o lance inicial é considerado comprador.
    Topo
  17. COMO FUNCIONA A ALIENAÇÃO ANTECIPADA EM PROCESSOS JUDICIAIS?
  18.  A Alienação Antecipada será designada antes da realização do leilão. Em geral, o lance inicial corresponde ao valor da avaliação do bem, podendo ser aceito lance inferior, caso revisto em determinação judicial.

    Topo
  19. QUAL PROCEDIMENTO PARA PARTICIPAR DE UMA VENDA DIRETA / ALIENAÇÃO ANTECIPADA?
  20.  Para os interessados na compra do bem através da venda direta ou alienação antecipada, alguns procedimentos precisam ser seguidos:

    O interessado na compra do bem deverá efetuar o seu cadastro no site http://www.darkeleiloes.com.br/index.php/cadastro.html informando os dados solicitados na tela de cadastro.
    As propostas somente serão recebidas através do site, oportunidade em que o interessado constará sua proposta, informando o  valor ofertado.
    Topo

Endereço

AV TANCREDO NEVES, 1632, EDF. SALVADOR TRADE CENTER, SALA 913 SUL
CAMINHO DAS ÁRVORES - CEP: 41820-020
Salvador - BA

Escritório de Leilões

(71) 3113-1712 (71) 99920-5645

darkeabreu@gmail.com